E-mail de prospecção: quais os itens essenciais para melhorar a conversão e aumentar as vendas? Skip to main content

O e-mail de prospecção é uma das estratégias mais comumentes adotadas por companhias que desejam aumentar as vendas e potencializar as receitas.

De modo geral, o principal objetivo dessa ação é auxiliar o cliente em potencial na sua decisão de compra

Ou seja, por meio do e-mail de prospecção, a empresa tem a oportunidade de fornecer o produto certo, no momento correto e com as melhores justificativas sobre os benefícios do serviço. 

Com isso, as chances da persona considerar fazer negócio com a organização são muito maiores e, consequentemente, o faturamento da corporação é ampliado.

Dessa forma, o e-mail de prospecção consiste na melhor tática comercial de uma instituição. Entretanto, para que gere resultados positivos, é fundamental implementar essas ações de maneira assertiva.

Para te ajudar nessa missão, elaboramos um conteúdo completo sobre todas as nuances do procedimento e dicas para produção de um material eficiente. Veja.

Confira também: Como estruturar a estratégia de geração de leads qualificados? Veja um passo a passo!

Entenda a importância do e-mail de prospecção

Muitos empresários negligenciam o papel do e-mail de prospecção por não entenderem os retornos que esse método pode gerar para as organizações.

Na prática, o primeiro resultado bastante efetivo desse recurso é ROI. De acordo com um levantamento da Campaign Monitor, o e-mail é o maior gerador de retorno para uma corporação, estando acima das ações por vídeo, redes sociais e, até mesmo, marketing de afiliados.

Nesse sentido, estima-se que a cada US$ 1 investido, tem-se a produção de US$ 44 em receita para os negócios. 

Outra nuance positiva do e-mail de prospecção é a possibilidade de se adequar às necessidades dos consumidores.

Conforme dados divulgados pela Statista, 61% dos clientes preferem ser contatados por e-mail. Já em relação às empresas, outro estudo revela que os profissionais de marketing desejam aumentar os investimentos nessa modalidade em 48% até o final de 2020.

Nesse cenário, o e-mail mostra-se uma ação inovadora, que aumenta a competitividade da instituição no mercado, promove a captação de mais clientes em potencial e conversões cada vez mais qualificadas.

Dicas para produzir um e-mail de prospecção eficiente

Depois de compreendermos o impacto da estratégia nos negócios, é momento de entender quais as diretrizes para implementá-la com eficiência.

Antes, é importante saber que essa tática é diferente de um e-mail marketing simples. Isso porque, no e-mail de prospecção a empresa desenvolve um relacionamento com o cliente por meio de uma cadência de contatos

Já no segundo caso, a utilização do e-mail é feita apenas para divulgação de serviços, produtos, conteúdos e outras ações da corporação.

Por isso, as medidas voltadas para captação são muito mais efetivas. Com isso em mente, veja abaixo algumas dicas para elaborar um e-mail de prospecção que traga resultados positivos à sua companhia.

Conheça muito bem o seu público e o mercado

O primeiro passo é entender muito bem o seu mercado de atuação e, principalmente, o seu consumidor em potencial. Para isso, é fundamental adotar pesquisas de mercado, de modo a analisar o comportamento do seu cliente-alvo e suas preferências.

Com o mesmo afinco, é essencial também compreender as ações da concorrência. Por meio dessa investigação, é possível estabelecer as medidas que estão dando certo, te mantendo sempre um passo à frente de outras empresas do segmento.

Leia também: Como desenvolver um bom plano de captação de clientes e aumentar as vendas

Entenda as dores do seu cliente em potencial

A pesquisa de mercado permite algo muito valioso às empresas: entender as dores do seu público-alvo. Lembre-se sempre, a organização não vende um produto ou serviço, e sim uma solução.

Por exemplo, ao invés de oferecer hidratantes labiais (item), a corporação fornece lábios hidratados e protegidos (necessidade do cliente). 

Ou, ainda, a comercialização de cremes de cabelo (produtos) é substituída pela demonstração de fios brilhosos, macios e definidos (solução).

No segmento B2B não é diferente. Grande parte das pessoas que entram em contato com o seu negócio já conhecem um pouco em relação ao produto ou serviço em si, mas estão atrás do seu diferencial. Ou seja, o valor gerado por sua estratégia de mercado.

Por isso, entenda as dores do seu cliente e a solucione em todas as cadências de e-mails enviadas.

Cuidado com o assunto

O assunto do e-mail é um passo significativo para aberturas e recepção do público para o conteúdo. Desta forma, cuidado com esse aspecto. 

A principal dica é evitar a utilização de títulos grandes. O ideal é que esses materiais tenham um assunto de em torno de 50 e 60 caracteres, o que impede de cortes na plataforma de e-mails ou, até mesmo, que sejam considerados como spam.

Outra ação é personalizar os e-mails. Ainda de acordo com o Campaign Monitor, essa característica potencializa a abertura dos e-mails em até 26%.

Você também pode se interessar: Comprar leads qualificados x captação de clientes: qual é a melhor estratégia?

Não utilize palavras inteiras em maiúsculo e pontuações

Um dos maiores receios dos profissionais de marketing é terem seus e-mails de prospecção sendo classificados como spam. Além de significar menores resultados, ainda pode prejudicar todas as campanhas relacionadas e a imagem da empresa na internet.

Entretanto, os servidores de e-mails possuem algumas diretrizes bastante eficazes na identificação de spams. 

Nesse sentido, determinados aspectos do seu e-mail podem ser considerados, como é o caso de várias palavras em maiúsculas ou excesso de pontuações.

Além disso, mesmo que não seja classificado pelo provedor de e-mails eletrônicos como spam, pode causar estranheza no potencial cliente e minimizar a eficácia da comunicação.

Cuidado com a linguagem utilizada

Como citado, o e-mail de captação de consumidores visa, acima de tudo, estabelecer uma relação com o público para então oferecer a solução.

Por isso, não utilize uma linguagem extremamente mercadológica, focada apenas em vendas. Pelo contrário, a persona deve entender que a sua intenção é ajudá-la com as dificuldades que enfrenta e não apenas comercializar o seu serviço ou produto.

Saiba hierarquizar as informações

Um grande erro encontrado nesse tipo de estratégia é a organização das informações. É fundamental que tudo seja colocado em perfeita harmonia, desde os conteúdos em texto, até a distribuição de bullets e materiais gráficos.

Leia mais: Funil em Y: como aumentar as vendas unindo prospecção ativa e por atração

Não se esqueça do Call To Action (CTA)

Por fim, não se esqueça do Call To Action (CTA), ou chamar para ação na tradução. Na prática, esse processo visa convidar o cliente em potencial a realizar algum tipo de atitude em relação à sua empresa, tais como entrar em contato ou solicitar mais informações.

Esse item é fundamental para a conversão dos consumidores, entretanto deve ser colocado de modo estratégico. Geralmente, é anexado no final do e-mail e acompanhado de um conteúdo relevante, mostrando à persona as soluções da sua corporação.

Jamais coloque o CTA no título ou no começo do e-mail, pois podem minar completamente qualquer tipo de interesse do usuário no seu serviço.

Conte com a ASB Marketing

A ASB Marketing é uma agência especializada na captação de clientes e que possui todas as expertises necessárias para implementação do e-mail de prospecção.

Contando com profissionais qualificados e com conhecimento de mercado, a ASB Marketing encontra o seu cliente em potencial e o impacta com uma cadência de e-mails personalizados e automatizados.

Dessa forma, por meio de uma nutrição de leads inovadora, conseguimos converter um número muito maior de usuários e entregar à sua organização resultados escaláveis.

Além disso, oferecemos a Consultoria Comercial, visando treinar o seu time de vendas para fechamento de negócios cada vez mais promissores para sua empresa. 

Entre agora mesmo em contato e deixe a ASB Marketing revolucionar os seus retornos comerciais. 

Baixe agora nosso infográfico principais dados e tendências sobre a área comercial.

Deixe uma resposta