Otimização de sites: 10 dicas para aparecer no Google mais rápido Skip to main content

O Google aprimora constantemente seus robôs com o objetivo de entregar resultados e experiências mais satisfatórias aos usuários. Para cumprir os requisitos do buscador, é imprescindível investir em estratégias de otimização de sites.

De acordo com o Think with Google, 39% dos compradores são influenciados por resultados de busca relevantes. Ou seja, é fundamental estar na primeira página do buscador para atingir o público-alvo do seu negócio.

Mas, para estar entre os principais resultados do Google – e em menos tempo –, é preciso investir na otimização de sites. Saiba mais a seguir!

Leia também: 5 dicas de marketing de conteúdo para gerar mais vendas

Como funciona o ranqueamento do Google?

A todo momento, os bots vasculham a internet em busca de conteúdos mais relevantes para serem entregues aos usuários conforme as pesquisas realizadas.

Para que seja possível rastrear as páginas, entender o conteúdo e ordenar a relevância, o bot executa três processos:

  • Crawling, ou rastreamento: consiste em um processo contínuo para identificar as URLs novas ou atualizadas para, assim, indexá-las;
  • Indexing: é a indexação das páginas, organizando os conteúdos para formar um índice de URLs no buscador;
  • Ranking: é a ordenação dos conteúdos indexados feita a cada busca do usuário para entregar os resultados de acordo com a pesquisa.

Mesmo conhecendo esses processos, é preciso entender que ser ranqueado no Google não é do dia para noite. Mas pode acontecer mais rápido com as estratégias certas.

Leia tambémOtimização de sites: 3 dicas de SEO para rankear sua página no Google

10 práticas de otimização de sites para posicionar mais rápido

As estratégias de otimização de sites ajudam o Google a entender as mudanças na páginas para indexá-las e ranqueá-las. Conheça as melhores práticas!

1. Rastreamento

O primeiro passo é verificar se há problemas de rastreamento no site, como de DNS, servidor, robots.txt, 404 e outros.

Esse aspecto pode ser avaliado no Google Search Console, na seção Erros de Rastreamento. Caso as páginas não sejam rastreadas pelo Google, os esforços de ranqueamento não serão efetivos.

2. Indexação da URL

No próprio Google Search Console, é possível notificar a ferramenta que você adicionou uma nova página ou fez uma atualização.

Em geral, os bots podem demorar semanas para fazer o rastreamento de uma página. Mas, com essa opção, é possível minimizar os erros do processo.

No comando “solicitar indexação”, a ferramenta faz uma análise para testar erros e, caso esteja tudo certo, a página entra na fila de indexação.

A API Indexing tem uma função semelhante e avisa o Google sobre a adição, atualização ou remoção de páginas.

Veja tambémComo funciona o desenvolvimento de sites focado em conversão de clientes?

3. Sitemaps

Normalmente, os links internos e externos direcionam o robô do Google sobre o caminho que ele deve traçar para rastrear e indexar páginas.

Porém, uma forma de agilizar a otimização de sites é enviar sitemaps ao Google. Esse arquivo indica todas as páginas do site e a relação entre elas, facilitando o mapeamento e a identificação das mais relevantes pela ferramenta.

4. Minificar recursos do site

A simplificação dos códigos do site contribui para o Google a rastrear e indexar os conteúdos em menos tempo.

Quando o site tem um código confuso e cheio de elementos desnecessários, o bot dedica menos tempo ao domínio. Isso porque o robô identifica que a página é mais lenta e não oferece uma boa experiência ao usuário.

Assim, minificar significa remover elementos desnecessários e reduzir o tamanho dos códigos HTML, CSS e Javascript. Esse processo colabora para reduzir o tempo de carregamento das páginas.

Leia também: Desenvolvimento de sites: como descobrir as melhores empresas?

5. Palavras-chave

Além das estratégias técnicas apresentadas acima, também é importante focar nas boas práticas de SEO para obter melhores resultados no ranqueamento.

Nesse sentido, as palavras-chaves são fundamentais. Afinal, ajudam a posicionar a página para os termos mais pesquisados nos buscadores de acordo com o objetivo e a persona da empresa.

Esta ação é mais trabalhosa, demanda um planejamento estratégico e demora mais tempo. O ideal é utilizar palavras-chaves curtas, médias e longas.

Essa diversificação ajuda a posicionar mais rápido os termos médios e longos. Enquanto isso, constrói solidamente o posicionamento das palavras-chave curtas e mais disputadas.

Leia também: 10 vantagens do marketing de conteúdo para empresas B2B

6. Links internos

Como explicamos, os links internos ajudam o Googlebot a identificar novas URLs no site para indexar e ranquear essas páginas.

Assim, se a meta é conseguir resultados mais rápidos nas ferramentas, é importante que as novas publicações e URLs tenham links para páginas relevantes, como a página inicial ou posts importantes do blog.

Uma boa opção é colocar um campo com as atualizações do blog vinculados à página inicial do site. Assim, ao fazer a varredura básica, o Google vai encontrar essas novas URLs.

7. Divulgação nas redes sociais

Antes de tudo, é bom esclarecer: o compartilhamento social não é um critério de ranqueamento do Google. Então, por que investir na divulgação nas redes sociais, como Facebook e LinkedIn?

O que ocorre é uma reação em cadeia. Devido à divulgação, o conteúdo terá mais tráfego, interações e engajamento. E tais aspectos são importantes para que o buscador entenda uma página como relevante.

8. Arquitetura da informação

Este elemento está diretamente relacionado à rede de links, que ajuda na otimização de sites.

A arquitetura da informação é determinada já no desenvolvimento da página, envolvendo aspectos, como:

  • Criação e hierarquização de seções;
  • Linkagem entre os conteúdos.

Com uma arquitetura clara, como na nossa seção de “soluções” e uma subseção de “marketing de conteúdo”, o Google entende quais caminhos trilhar para identificar novas páginas.

Saiba maisDesenvolvimento de sites: 5 segredos para rankear no Google

9. SEO On Page

O SEO On Page consiste nas estratégias de otimização de sites realizadas nas próprias páginas. Entre os elementos avaliados, estão:

  • Title tag;
  • URL;
  • Meta description;
  • Relevância do conteúdo;
  • Design responsivo;
  • Imagens otimizadas.

Essas características ajudam o Google a entender do que se trata o conteúdo e para quais buscas ele deve ser exibido. Além disso, as boas práticas de SEO e escaneabilidade tornam o texto mais interessante e legível para o usuário.

10. Marketing de conteúdo

Por fim, uma das estratégias centrais para otimização de sites e ranqueamento no Google é a criação de conteúdo rico de forma periódica.

O marketing de conteúdo atende a essa demanda ao juntar dois esforços:

  • A criação de materiais úteis e relevantes focados na jornada de compra da persona;
  • As exigências de SEO.

O Google também entende que o site deve ser dinâmico e atualizado. Com isso, a publicação constante dos materiais produzidos é fundamental para melhorar a relevância e a autoridade no domínio.

Leia tambémMarketing de conteúdo: 5 objetivos que você alcança com essa estratégia

Como executar uma estratégia de otimização de sites de sucesso?

É fundamental que uma empresa interessada em aparecer nas primeiras páginas do Google faça um trabalho profissional e contínuo de SEO e conteúdo.

A contratação de uma agência especializada garante assertividade nesse processo e evita os erros prejudiciais aos resultados e à consolidação da estratégia.

ASB Marketing é uma agência especializada no mercado B2B que atua com marketing de conteúdo, desenvolvimento de sites e as melhores práticas de SEO. Tudo para colocar a sua empresa nas primeiras posições do Google e entregar resultados reais.

Atuamos gerando um ciclo totalmente positivo para o seu negócio. Veja:

  • Ranqueamento no Google;
  • Mais visitantes no seu site;
  • Elevação da sua base de leads;
  • Maior autoridade para a sua marca;
  • Alto retorno do investimento;
  • Mais fechamento de vendas.

Com as nossas técnicas, você atrai, converte e fideliza clientes mais rápido e com maior valor agregado.

Quer saber como unimos marketing de conteúdo e otimização de sites para gerar vantagens e aumentar as suas vendas? Conheça nossas soluções aqui e entre em contato com nossos especialistas!

https://www.asbmarketing.com.br/wp-content/uploads/2020/09/Guia_Como_aumentar_vendas_B2B_em_tempos_de_crise-.pdf

Deixe uma resposta