Otimização de sites: como a otimização de imagens melhora a performance do seu site? : ASB Marketing
Blog
otimização de sites

Otimização de sites: como a otimização de imagens melhora a performance do seu site?

27/05/2021 | Por Aquiles Casabona

Para promover a otimização de sites das empresas e garantir maior velocidade das páginas, uma das práticas mais importantes diz respeito à otimização de imagens. 

Afinal, quanto mais pesadas forem as fotos e imagens colocadas em um site, mais tempo vai demorar para o seu carregamento. Então, buscar formas de redimensioná-las é indispensável para impactar positivamente a performance da página e, até mesmo, para fornecer uma melhor experiência do usuário.

Vale lembrar que a experiência do usuário ganhou ainda mais relevância dentro do Google, como a atualização do Page Experience, se tornando um dos principais fatores de ranqueamento no mecanismo de busca.

Com isso, como otimizar imagens para site passa a ter um papel de maior destaque nas boas práticas de SEO (otimização para motores de busca) a fim de ajudar as estratégias de marketing digital das empresas para se posicionar melhor no Google e obter maior tráfego orgânico, visitantes e visibilidade de marca.

O que significa a otimização de imagens?

Para início de conversa, é importante entender do que se trata essa otimização de imagens. Até porque, de nada adianta chegar à conclusão de que você precisa colocar em prática a otimização de sites por meio das imagens, se você nem sabe o que isso significa.

De maneira resumida, como otimizar uma imagem representa reduzir o tamanho do seu arquivo. Assim, é possível baixar o conteúdo visual pelo navegador do usuário e renderizá-lo na tela mais rapidamente.

Por que se preocupar com a otimização de sites e imagens?

Sabia que quase 75% do peso de uma página nos sites se refere a imagens? Este dado é do site Almanac. Neste contexto, é preciso garantir que elas sejam exibidas corretamente para os visitantes, sem afetar a velocidade da página. 

Até porque os usuários normalmente abandonam um site se demorar mais do que 4 segundos para carregar, segundo o Website Builder Expert. E tem mais: as páginas que carregam em dois segundos têm uma taxa de rejeição média de 9%, enquanto as páginas que carregam em cinco segundos veem as taxas de rejeição saltarem para 38%, de acordo com o Royal Pingdom.

Isso influencia negativamente em todos os outros aspectos relacionados ao site da sua empresa. Por exemplo: com uma desistência tão rápida, o visitante não vai converter e pedir uma proposta ou comprar um produto. 

Além do que, o Google também não vai ficar satisfeito com um carregamento lento, já que este é um fator de classificação desde 2010, jogando seu site mais para baixo no ranking de pesquisa. Outro efeito negativo para o buscador se refere ao pouco tempo de permanência do usuário na página.

Leia também: Por que o Google e a otimização de sites para mecanismos de busca são importantes para empresas B2B?

Números que comprovam a importância das imagens

Se as explicações acima ainda não convenceram sobre a importância de como otimizar imagens para sites, apresentamos algumas estatísticas relevantes sobre o assunto. Veja:

– 86% das empresas preveem que as imagens e conteúdos visuais serão essenciais dentro da estratégia de marketing em 2021, indica o Social Media Today.

– 39% dos visitantes vão parar de se relacionar com um site se as imagens demorarem para carregar, revela a Adobe.

– 46% dos usuários não vão visitar novamente um site com fraca performance, mostra o Marketing Profs.

– Os conteúdos com elementos visuais têm 94% a mais de visualizações do que somente textos, segundo o Pew Research.

Principais benefícios de como otimizar imagens para sites

Fica claro que a otimização de sites, em conjunto com a otimização de imagens, pode gerar diversas vantagens para as empresas, como por exemplo:

  • Velocidade do site: o tempo de carregamento cai e a página fica mais rápida para ser acessada e consultada.
  • Performance da página: assim como a velocidade, a performance é impactada positivamente pela otimização de imagens, já que os conteúdos visuais carregam rapidamente e são exibidos corretamente para os usuários, seja na conexão inicial, no deslizamento da página ou no clique para outra sessão.
  • SEO: com a maior rapidez e a melhor experiência do usuário, é possível estar alinhado com as boas práticas de SEO e ranquear melhor sua página.
  • Conversão: para que o usuário chegue ao seu objetivo na página, é preciso que ela carregue rápido e tenha imagens com alta qualidade visual. Isso ajuda na conversão, ainda mais em sites de e-commerce em que as fotos dos produtos são primordiais.
  • Geração de resultados: como consequência de todos os benefícios citados anteriormente, a otimização das imagens permite os melhores resultados em termos de ranqueamento no Google, geração de tráfego orgânico e visibilidade da página, assim como em questão de vendas.

Outro benefício da otimização de imagens é na parte técnica do site, já que se torna possível a criação de backups mais rápidos, ocupando menos espaço de armazenamento e podendo usar planos de hospedagem mais baratos.

Leia também: Como ranquear meu site no Google: entenda a importância do conteúdo

5 passos para otimização de sites e imagens

Depois de tudo que foi apresentado até aqui, certamente, você quer saber como otimizar imagens para sites. É o que veremos a seguir com dicas práticas.

1. Testar o site e escolher as imagens

Em primeiro lugar, é preciso verificar a velocidade do site para medir o desempenho e identificar em que páginas é preciso realizar otimizações. Na sequência, deve-se analisar e escolher o número de imagens adequado para ser carregado, sem exagerar e pesar na página.

2. Definir o formato correto

O segundo ponto é determinar o formato de imagem a ser utilizado. Os principais são:

JPG: é a melhor opção para imagens fotográficas e fotos de produtos. Como elas possuem um tamanho menor de arquivo, é possível ocupar pouca capacidade de armazenamento e ter melhor tempo de carregamento.

PNG: possui maior qualidade do que o JPG e é usada para designs mais complexos. Também é capaz de fornecer fundos transparentes. Porém, como desvantagem, impacta mais o carregamento.

SVG: é mais utilizado para arte vetorial e gráficos de cores sólidas, como logotipos e artes de linha. Esse tipo de imagem é responsiva em todos os dispositivos, ou seja, os ícones e gráficos serão exibidos corretamente, em qualquer celular, tablet ou computador.

Saiba mais: Desenvolvimento de sites: como descobrir as melhores empresas?

3. Comprimir imagens

A compressão de imagens ajuda a minimizar o tamanho de um arquivo, em bytes, sem diminuir a qualidade original. Ou seja, é uma ótima prática para a otimização de sites, já que é possível manter a mesma qualidade, enquanto o arquivo é reduzido.

Um dos tipos de imagens importantes neste cenário é o WebP, que consegue diminuir o tamanho de suas imagens em até 35% para JPEG e 50% para PNG, deixando os arquivos mais leves e rápidos para carregamento.

4. Usar um CDN

Ao utilizar uma rede de distribuição de conteúdo, também conhecida como CDN, é possível reduzir a ‘distância’ entre os visitantes do site e o servidor onde fica armazenada a página, com suas imagens e conteúdos. Dessa forma, impacta-se novamente a velocidade de carregamento.

Só para explicar melhor, o CDN é uma rede geograficamente diversa de servidores, que equilibra o tráfego em vários destinos usando mais de 155 data centers globais. 

5. Utilizar boas práticas de SEO para imagens

Por fim, vale a pena destacar a importância de usar o SEO para imagens, como por exemplo:

  • Otimização dos nomes e títulos dos arquivos: é fundamental ter títulos e nomes relevantes e não aleatórios, sem números e caracteres especiais.
  • Inclusão do texto alternativo: este aspecto deve conter a palavra-chave da página em questão e uma breve descrição da imagem para facilitar o reconhecimento do Google.
  • Uso de sitemaps: trata-se de um arquivo XML com todos os endereços das páginas do seu site para identificação do Google. Então, você deve também adicionar imagens ao seu sitemap, o que facilita na indexação delas.
  • Imagens responsivas: garanta que as imagens sejam exibidas corretamente nos diferentes dispositivos, promovendo uma boa experiência para os usuários.

Leia também: Como elaborar um planejamento estratégico de Marketing Digital?

Faça a otimização de sites e imagens com especialistas

Quer saber como implementar todas essas dicas na sua empresa para realizar a otimização de sites e imagens? Conte com uma agência especializada em marketing digital, como a ASB Marketing.

Com profissionais altamente qualificados nas diferentes áreas de atuação, garantimos que o seu site terá as melhores práticas e estratégias de otimização de SEO, imagens e conteúdos.

Tudo para melhorar o ranqueamento da sua página, aumentar o tráfego orgânico, o número de visitantes, potencializar a visibilidade da marca e garantir a atração de mais leads.

Não fique esperando e comece agora mesmo o seu projeto de marketing de atração completo para desenvolver estratégias assertivas e obter melhores resultados.

Já garantimos o crescimento de 3.400% no número de palavras-chave indexadas para a Ramo Sistemas. Confira o case completo aqui!

Para saber mais detalhes sobre nossos serviços, entre em contato agora mesmo com nossos especialistas!

Como alavancar seu Plano de Vendas B2B na Era Digital