Como adequar sua estratégia de prospecção ativa às regras da LGPD? Skip to main content

A preocupação com os dados pessoais ganha cada vez mais relevância na estruturação de estratégias de marketing e vendas, principalmente na prospecção ativa.

Apesar dos dados terem contribuído imensamente com o desenvolvimento de ações mais personalizadas, relevantes e eficazes, esses processos precisam ser revistos para se adequar à LGPD.

Veja também: Lei Geral de Proteção de Dados: como a adequar suas ações de marketing digital e vendas?

O que é a LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) foi sancionada em 2018 e vai começar a valer em agosto de 2020. O objetivo da nova legislação é garantir mais privacidade aos usuários e poder de escolha sobre a coleta, uso, tratamento e aplicação dos dados pessoais.

A lei brasileira teve como inspiração o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados (GDPR), que está em vigor na Europa desde 2018. A norma europeia possui diretrizes semelhantes e já multou grandes empresas, como Google e Facebook, por violações às regras.

Quais os impactos da LGPD na prospecção ativa?

Uma vez que muitas estratégias de marketing e vendas são baseadas nos dados dos clientes e visitantes, essas práticas deverão ser revistas para atender às exigências da nova lei.

As mudanças visam principalmente o consentimento e a transparência. Dessa forma, para coletar dados (o que ainda será possível), a empresa deve garantir que o usuário tenha clareza sobre quais informações são coletadas e para qual finalidade.

Caso o destino das informações reunidas seja alterado, os usuários também devem ser notificados e autorizar essa nova aplicação.

Assim, a LGPD objetiva um maior controle do usuário sobre os seus dados pessoais. Afinal, essas informações, isoladas ou conjuntamente, revelam a identidade do indivíduo.

Leia também: Email de prospecção e LGPD: conheça os principais impactos

Quais os benefícios do Social Selling neste cenário?

Ao considerar os impactos da LGPD nas estratégias de marketing e prospecção ativa, muitos gestores podem pensar que não será mais possível trabalhar com dados a partir do próximo ano.

No entanto, o que a LGPD exige nessas áreas é uma adequação dos processos para que eles sejam mais transparentes e que o usuário autorize o uso.

Nesse cenário, as estratégias de Social Selling para prospecção ativa ganham destaque. Isso porque estas ações são baseadas na criação de uma conexão com o prospect antes de iniciar a abordagem.

Desse modo, a nova legislação não prejudica a execução de estratégias personalizadas de marketing e vendas. O que deverá ser cada vez mais valorizado nas ações desenvolvidas.

Basta adaptar os processos para continuar realizando as práticas de prospecção ativa, a fim de gerar leads qualificados de forma contínua.

Leia também: Social selling no LinkedIn: como executar a estratégia no seu negócio B2B

Como adotar o inbound marketing na sua estratégia?

Assim como o Social Selling colabora com a prospecção ativa, estratégias de inbound marketing também são valorizadas neste contexto. Afinal, respeitam as diretrizes da LGPD e da GDPR.

Assim, soluções como o marketing de conteúdo são fundamentais. Isso porque atraem pessoas realmente interessadas em comprar da empresa por meio de conteúdos de qualidade, relevantes e que agregam valor.

Com isso, é possível aumentar os leads qualificados e gerar mais oportunidades de vendas.

Adaptação dos processos de marketing e vendas

Como mencionado, as novas leis não vão inviabilizar a estratégia de marketing e vendas. Mas são necessárias adequações para que a comunicação seja transparente.

Vale destacar que a revisão desses processos demanda tempo e dedicação das equipes de marketing e vendas. Além disso, exige parceiros de negócio que também sigam as diretrizes da legislação.

Leia também: Empresa de prospecção de clientes: 3 dicas essenciais antes de escolher a melhor

Qual a importância de parceiros em compliance com a LGPD?

Com a LGPD, as empresas são responsáveis pela coleta, tratamento e armazenamento dos dados. Dessa forma, os parceiros que têm acesso a essas informações também precisam estar alinhados à norma.

Caso uma informação coletada pela empresa seja vazada por um parceiro, a responsabilidade é igualmente da companhia e pode acarretar multas milionárias.

A ASB Marketing é uma agência especializada em empresas B2B que desenvolve estratégias de prospecção ativa, inbound marketing e Social Selling.

Já atuamos em compliance com a LGPD. Assim, os dados usados na estratégia de prospecção ativa e outras soluções podem ser aplicados nessas práticas sem descumprimento da lei. E o mais importante: ajudando a alavancar as vendas dos nossos clientes!

Quer saber mais sobre a prospecção ativa e escolher parceiros em compliance com a LGPD? Conheça nossas soluções e entre em contato conosco!

Como aumentar as vendas B2B em tempos de crise

 

Deixe uma resposta